União Desportiva e Cultural do Forte: Notícias

Amalfi
Saturday, March 12
Geminação com o Centro Sportivo Amalfitano



Os mais curiosos que tenham visitado o nosso Guestbook recentemente devem ter reparado que a última mensagem está em italiano.

Foi "postada" pelo meu grande amigo PINTO PIETRO, outro maluco do basket que conheço desde que há 20 anos fizemos um intercâmbio com as equipas femininas do Clube de Jovens Alves Redol.

A ideia é voltar a realizar esta iniciativa, desta vez envolvendo a nossa equipa de Sub16, com as atletas nascidas em 1995, 1996 e 1997, curiosamente o grupo que no último ano mais cresceu em número de atletas e potencial, com uma evolução bastante vísivel e alguns resultados muito animadores.

A colaboração das famílias será fundamental já que cada uma deverá alojar uma atleta italiana, acontecendo o mesmo quando nos deslocarmos a AMALFI.

Está previsto que a visita deles seja feita na Páscoa de 2013 com retribuição no fim do Verão do próximo ano, o que nos dá tempo suficiente para planear tudo atempadamente e arranjar os apoios necessários para lá levar depois o maior número possível de atletas.



lusvlogo2.gif
Organização precisa-se !!!
Pois é : quem quer fazer desporto tem que ser organizado, pois está a ocupar algum do tempo que normalmente "deveria" estar dedicado aos estudos.

É na altura dos testes, que se realizam em todos os períodos lectivos desde a "invenção" da escola, que se verificam faltas a treinos com o argumento de ter de estudar.

Com tão poucos treinos quem realmente gosta de treinar e jogar organiza os seus tempos livres de maneira a não faltar, o que constitui uma boa preparação para a vida futura.

São normalmente os piores alunos aqueles que mais vezes faltam "para estudar".

Para aqueles que conseguem ter boas notas sem prescindir de participar em todos os treinos, com maior ou menor sacríficio, fica a satisfação de estar a aprender organizar o seu tempo livre, o que será extremamente útil na vida adulta.

Para os que ainda não o conseguem, ou não querem conseguir, fica o exemplo das colegas.

Organização precisa-se !!!


Colaboradores de arbitragem
Árbitro-Ouriço
A arbitragem em geral passa por momentos difíceis, já que é cada vez mais difícil encontrar elementos com motivação para abdicar de grande parte dos seus tempos livres em prol do desenvolvimento da modalidade.

Acresce a isto a reduzida capacidade que alguns novos elementos apresentam, o que contribui para a estagnação na evolução das jogadoras, já que a aplicação correcta das regras da modalidade é factor fundamental para o desenvolvimento da mesma.

Para tentar fazer face a estas dificuldades a Associação de Basquetebol de Lisboa lançou um desafio aos clubes :

- encontrar dentro das suas esferas de influência elementos que queiram colaborar nas tarefas de arbitragem e também como Oficiais de Mesa.

O objectivo é dar a estas pessoas formação nessas áreas e permitir que elas, acompanhadas de elementos oficiais, possam cumprir essas funções nos jogos disputados nos campos dos seus clubes.

Longe de procurar "Árbitros Caseiros" o que se pretende é conquistar para novas funções alguns elementos que possam reunir as seguintes características :

- gostar da modalidade;
- vontade de aprender mais sobre as regras do jogo;
- alguma disponibilidade para acompanhar os jogos que os seus clubes disputam em casa.

Estas acções destinam-se a ATLETAS, EX-ATLETAS, FAMILIARES E AMIGOS que efectivamente gostem da modalidade e queiram contribuir para minorar algumas das dificuldades pelas quais ela passa actualmente.

As/os interessadas/os podem contactar-nos através do nosso mail, que depois daremos mais informações.


Sunday, May 23
A diferença entre um BOM praticante e um EXCELENTE atleta

Não basta ter capacidade física e/ou técnica para se praticar um determinado desporto.

A longevidade de alguns excelentes praticantes da nossa modalidade deve servir de modelo para os jovens atletas, que podem "copiar" os bons exemplos por eles dados.

O que faz um EXCELENTE atleta, para além dos necessários atributos físicos e técnicos, é a paixão e dedicação que se coloca em tudo o que se relaciona com o treino e o jogo, nomeadamente no tempo extra de treino que se dedica ao aperfeiçoamento dos gestos técnicos e tácticos.

Aqui fica o exemplo de Steve Nash, base dos Phoenix Suns da NBA e que recentemente se transferiu para os LA Lakers, que diariamente dedica pelo menos 20 minutos a um treino simples, mas exigente, que faz dele um dos melhores bases do mundo. 

Será que és capaz de fazer o mesmo???